Lifestyle

4 passos para organizarmos o guarda-roupa

14 Janeiro, 2018
O dia começou, o frio que se faz sentir e a preguiça que tenta aparecer, mas hoje não é o dia dela. Hoje dia é reorganizar o guarda-roupa.


Ao logo dos anos acumulamos roupas que não usamos, porque já não servem ou por nos deixamos de identificar com elas. Contudo vão ficando no fundo de uma armário, com  falsa esperança de as voltarmos a usar. 
Assim foi durante anos. Peças e mais peças que há muito muito tempo não usava. Olhando para elas já sabia que dificilmente as voltaria a usar, mas mesmo assim continuaram lá. Continuaram à espera que algum dia as voltasse a usar, ou então que chegasse um dia como o de hoje, um dia para desapegar

O dia espera-se longo e de muito trabalho, mas de certeza muito compensador no final. 

Organizar guarda-roupa_roupeiro, armário, guarda fatos, calças

 


É importante trabalhar numa tela em branco. Por isso começo por esvaziar o armário. Todas as roupas passam a estar acumuladas na cama outrora vazia, um quarto arrumado que vira um caos, um guarda-roupa repleto de tralhas que fica vazio. 

Guarda-roupa vazio


Segue-se a limpeza, um espaço limpo para acolher um novo conceito na minha vida, uma vida sem tralhas acumuladas. 

A reorganização continua e talvez tenha chegado a parte mais difícil: escolher o que vai ficar no guarda-roupa e o que já não tem lugar nele. 
Separo as peças que realmente uso daquelas cujo o seu papel é só ocupar espaço num guarda-roupa, numa vida que não lhe vai voltar a dar vida. 
Visto, dispo e volto a vestir, este é o ritual até decidir o destino de todas as peças. Preciso de ajuda, preciso de opiniões. Nem sempre é fácil decidir o que ainda se enquadra na nossa vida, do que precisa de uma nova. 

Três pilhas começam a formar-se: as roupas para guardar, as roupas em bom estado para doar e as que vão directamente para o lixo


Chegou a hora de as roupas voltarem a ocupar o seu lugar, a organização das peças começa a ser pensada. Onde ficam os casacos, as camisas e os acessórios? Tudo tem o seu lugar. Arrumo, volto a tirar e volto a arrumar. Agora sim, começo a gostar do resultado.

Comecei pela roupa que precisa de ficar pendurada. 
As camisas foram as primeiras, organizei-as do preto ao branco como gosto de ver. 

Guarda-roupa, camisas


De seguida arrumei os casacos, os mais grossos à direita seguidos pelos de meia estação, finalizando com coletes e vestidos. 

guarda-roupa, vestidos, casacos de meia estação, casacos grossos de Inverno


Dizem que para um guarda-roupa ficar bonito tem que ter as cruzetas (ou cabides dependendo de onde são) todas iguais. Acho difícil e um pouco desperdício de dinheiro se já temos algumas em casa. Assim sendo, escolhi as mais resistentes para os casacos grossos e as mais finas para o resto da roupa, quero que tudo fique prático e ocupe pouco espaço.

Sobrou bastante espaço na parte de baixo do guarda-roupa, bem abaixo das camisas. Vou deixar aí as bolsas e mochilas, organizadas e sempre à mão. 

organização das bolsas, guarda-roupa

Nas prateleiras ficam as camisolas, as mais grossas ficam separadas das outras, também consoante a cor. 

organização das camisolas, guarda-roupa


Na segunda prateleira ficam as calças, organizadas tal como as peças anteriores. E os calções e saias? Também ficam na mesma prateleira, bem à mão par usar mais regularmente.  

organização de calças e calções, guarda-roupa

Nas gavetas deixei os  básicos que são essenciais nalguns looks, ou simplesmente para usar por baixo de outras peças. 

organização de camisolas básicas, guarda-roupa

 

Opto por colocar a roupa de ginásio toda junta noutra gaveta.
E ainda noutra gaveta ficaram os cachecóis.

organização de cachecóis, guarda-roupa


O quarto ainda caótico começa a ganhar novamente forma. Um saco para o lixo, outro para as roupas e acessórios que vou dar. Espero que chegam a quem realmente precisa, espero que ajudem outras famílias que precisem. 

Está tudo no sítio, um guarda-roupa limpo, arrumado e organizado
Quero-o deixar cheiroso. Vou deixar uns saquinhos com um sabonete que eu adoro. Há muitas lojas que tem estes artigos em específico, mas como eu gosto do cheiro deste sabonete. 

saco de cheiro

Como é bom o sentimento de arrumar e ficar só com o que nos faz falta, como é bom o sentimento de podermos dar o que está em excesso na nossa vida para aqueles que mais precisam.

As mudanças interiores reflectem-se no que nos rodeia

Organização final do guarda-roupa

Costumam fazer estas reorganizações? Quais são as vossas dicas? 

 

  1. Adorei o post! Eu geralmente arrumo o meu sempre na primavera, faço uma espécie de spring cleaning! Continua com os posts maravilhosos. Beijinhos

  2. Faço de 6 em 6 meses e é impressionante como tenho sempre alguma roupa para doar. (Também recebo muita daí ter sempre alguma para dar). Sei que muito em breve terei de começar a pensar no que vou levar comigo para a casa do namorado e o que vai ficar na casa dos pais. Há muita coisa para organizar. Nem quero imaginar. Gostei das tuas dicas! Beijinhos

    http://www.carolinafranco.pt

  3. Eu já disse que as minhas tralhas vão todas comigo hahahah
    Eu tinha muita, mas muita mesmo antiga e em nada me identificava com o que tinha. Sempre que organizava o roupeiro acabava só por tirar uma ou outra peça apenas.
    Beijinhos

  4. Nesta altura faz falta uma limpeza total à casa e isso implica também uma revista de olhos pelo guarda-roupa. Ambos temos roupa a mais que não usamos, mas somos muito velhos para deitar fora ou doar… Parece que nos sai um fígado. Por isso este tipo de posts ajuda-nos muito. Obrigado pela partilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.